Por que registrar agora meu domínio?

O nome de domínio é a sua identidade digital, é como seu negócio será conhecido. E mais importante ainda: como ele será localizado na internet. Um passo importante para proteger sua marca é registrá-la nos organismos de propriedade intelectual dos mercados e países onde se pretende atuar. A Hoost só registra domínios internacionais, as TLDS disponíveis são: .com, .net, .org, .pw, .biz, .in.net e .me

Serviços de streaming: como, quem e por quê?
Categorias: Bloog, Curiosidades, Tecnologia, Web Rádio, Data: 28 agosto de 2015

Serviços de streaming: como, quem e por quê?

O streaming nada mais é do que uma tecnologia responsável pela transmissão de informações multimídia. Um dos grandes exemplos de streaming é o YouTube, que transmite vídeos em tempo real.

Outros serviços de streaming muito comuns são os de áudio, exemplificados pelas plataformas de música digitais, como Spotify, Tidal e Apple Music. A grande ideia dos serviços de streaming é facilitar o acesso ao conteúdo produzido por diversos artistas, sem infringir seus direitos autorais, com versões de uso gratuitas e pagas.

A assinatura desses serviços tem crescido muito ao redor do mundo; apenas nos últimos doze meses, o número de assinantes do Spotify dobrou. Não é a toda, afinal, o Spotify possui alta qualidade em seu serviço de streaming, 320 kbps para desktop no Spotify Premium; e “Qualidade extrema” para celular, além de um painel de controle intuitivo que pode ser facilmente integrado aos navegadores. No Spotify é possível ajustar a qualidade das músicas através de um equalizador próprio, e escolher o sincronismo como baixo, alto e máximo.

O Tidal, por sua vez, conta com interface intuitiva e qualidade de som LossLess, que mantém a configuração original do áudio, mesmo após a compressão dos dados. Ou seja, nada de perder a qualidade. Esse é o seu principal diferencial em relação ao Spotify, que ainda possui vantagens de funcionalidades. Além disso, o Tidal conta com conteúdos únicos, frutos de acordos de exclusividade com artistas que o apoiam.

E o streaming da Apple? Em comparação com os outros dois, a curadoria e sugestão de músicas da Apple Music é mais apurada, a partir das informações no momento do cadastro. Pode-se destacar, também, a economia de banda, se comparado com o Spotify, trabalhando em AAC a 256Kbps. Ainda neste mês, a Apple realizou um update em seu streaming, trazendo mais estabilidade à ativação da biblioteca do iCloud, o que possibilita  que as músicas tocadas fiquem sempre em sincronia em todos os dispositivos. Por fim, a Apple Music chega com um recurso chamado Connect, que possibilita a comunicação entre artistas e fãs com vídeos, textos e músicas que não deverão ser vistos em outras mídias.

E por que o streaming é tão buscado? Simples: pela facilidade de encontrar as músicas e os artistas desejados, o poder de personalização de cada consumidor/ouvinte e as funcionalidades sempre surpreendentes como o compartilhamento com mídias sociais e integrações. Segundo o novo relatório da Nielsen, divulgado em julho, esse tipo de serviço cresceu 92% em relação ao mesmo período de 2014. Apenas entre janeiro e julho deste ano foram contabilizadas 135 bilhões de faixas tocadas apenas nos EUA.

Mas, além de simples consumidor deste tipo de serviço, o usuário comum também pode disponibilizar um streaming de áudio e montar sua própria Web rádio. A partir do poderoso painel Centovacast é possível definir a programação das músicas para os ouvintes e transmiti-lo de duas formas: AutoDJ, ou seja, a rádio toca as músicas selecionadas 24 horas, sem parar; ou pode-se também entrar ao vivo a qualquer momento e interagir direto do seu PC.

Se você não se contenta em apenas ouvir suas músicas preferidas, e quer influenciar seus amigos e outras pessoas a curtirem o mesmo som que você, a oportunidade está aberta: tenha seu próprio serviço de streaming!

Conheça nossos serviços de streaming e web rádio completa. 😉

Queremos saber sua opnião, comente: