Por que registrar agora meu domínio?

O nome de domínio é a sua identidade digital, é como seu negócio será conhecido. E mais importante ainda: como ele será localizado na internet. Um passo importante para proteger sua marca é registrá-la nos organismos de propriedade intelectual dos mercados e países onde se pretende atuar. A Hoost só registra domínios internacionais, as TLDS disponíveis são: .com, .net, .org, .pw, .biz, .in.net e .me

O cliente tem sempre razão… #SQÑ
Categorias: Bloog, Data: 19 junho de 2015

O cliente tem sempre razão… #SQÑ

Desde que o mundo é mundo ouvimos a famosa frase “O cliente tem SEMPRE razão”; ainda mais agora, em nossa realidade, em que o consumidor é realmente mais exigente e antenado, esta máxima poderia ser a mais poderosa verdade do mundo dos negócios. Mas não é…

Exatamente. O cliente nem sempre está com a razão e a empresa tem dois deveres. Primeiro: saber lidar com isso e, segundo, avisar o cliente sobre isso. Há uma diferença entre clientes e clientes; existem clientes que são bons consumidores e só querem seus problemas resolvidos; não reclamam sem motivo. Esses vão sempre ter razão. SEMPRE.

No entanto, há outros que se acostumam a reclamar, embora consumam, mas desejam que a empresa faça tudo atendendo aos seus gostos, por mais descabidos, e ainda querem ter razão. Com esses é preciso ser educadíssimo, mas principalmente, sincero. Eles não têm razão!

Nessa realidade, alguns cuidados são necessários como, por exemplo, a clara exibição de políticas da empresa, seja troca, venda, devolução, atendimento… tudo precisa estar documentado e acessível, para que seja seguido. Além disso, ser atencioso, educado e direcionar o consumidor à solução do seu problema, sempre que possível, é fundamental.

A verdade é que toda empresa trabalha com um objetivo: atender a uma necessidade de um grupo de consumidores. E, muito mais do que vender e faturar, o real sentido de um negócio só é concretizado ao conquistar clientes satisfeitos e fidelizá-los para que continuem consumindo por um longo tempo.

A receita é simples: Os seus piores clientes devem ser demitidos para os melhores serem promovidos. O dever das empresas não é simplesmente conquistar clientes e vender o máximo que puder. Acredite, isso é mais fácil. O real objetivo da empresa inteligente é conquistar clientes e nutrir uma relação duradoura e lucrativa para ambos os lados.

Lidar com pessoas nunca será fácil, mas a empresa sobrevive de gente, independente da tecnologia usada. Por isso, saber reconhecer os bons clientes, e agradá-los, é o que fará a empresa mais satisfeita em atender, e conceder a devida razão a quem realmente merece.

Fizemos uma menção do artigo publicado no Canal do Empreendedor:
http://goo.gl/zPFEJD

Queremos saber sua opnião, comente: