Por que registrar agora meu domínio?

O nome de domínio é a sua identidade digital, é como seu negócio será conhecido. E mais importante ainda: como ele será localizado na internet. Um passo importante para proteger sua marca é registrá-la nos organismos de propriedade intelectual dos mercados e países onde se pretende atuar. A Hoost só registra domínios internacionais, as TLDS disponíveis são: .com, .net, .org, .pw, .biz, .in.net e .me

Comprar carro zero na Internet?
Categorias: Bloog, Curiosidades, Novidades, Segurança, Tecnologia, Data: 29 dezembro de 2012

Comprar carro zero na Internet?

Diga-me uma coisa que não se faz na Internet nos dias de hoje? Se respondeu ´comprar um carro zero´, acertou
Na internet é possível comprar roupas, programar todas as suas férias, importar um computador de última geração diretamente da fábrica nos EUA… Entretanto, a revolução das compras online ainda não chegou ao mercado de automóveis.


Compra web: Apesar dos avanços, ida a concessionária é fundamental ARTE: FELIPE BELARMINO
Basta uma breve vista grossa nos sites das quatro principais fábricas de carros do País – Chevrolet, Fiat, Ford e Volkswagen – para percebermos que ainda não é em 2012 que iremos comprar o tão sonhado carango sem precisar levantar da cadeira.
Em seu site oficial, a Volkswagen do Brasil tira as dúvidas dos clientes e explica porque não há a opção ´Compre aqui´, ou similar, em sua página. “O que ocorre através do site da Volkswagen é uma intenção de compra que será encaminhada para o concessionário de sua preferência”. Em outra mensagem, a empresa esclarece que tal prática é “Para que o concessionário possa manter contato para confirmação dos dados solicitados e para a retirada do veículo que será feita na própria concessionária”. E afirma de forma concisa, para tristeza geral da nação, que “Não há possibilidade de compra diretamente com a Volkswagen”.
Há no site da Volks uma ferramenta muito bacana para estimular o cliente a decidir pelo que quer: o botão ´Monte seu carro´ . O modelo é visto também nas demais empresas, e fornece ao cliente o mínimo subsídio para ele ter uma noção do que vai querer ao se dirigir à concessionária – já que é o único jeito de realizar a compra do veículo zero quilômetro.
A Fiat também não abriu sua mente para a nova era digital. Nossa reportagem entrou em contato com uma concessionária da empresa em Fortaleza. De acordo com a gerente de vendas de veículos novos da empresa, o site serve apenas de vitrine, pois as vendas só ocorrem in loco. “O cliente entra no site e diz qual o carro que ele quer. Ele não compra (pelo site). O nosso funcionário de telemarketing é quem entra em contato, e aí nós vamos ver se o carro que ele quer tem em estoque. Se não tiver, não haverá negociação”, aponta a gerente.
E o site da Fiat é uma vitrine e tanto. A opção “Monte seu carro” é uma das melhores dentre as quatro empresas analisadas. Lista, centavo por centavo, quanto se está gastando na montagem do veículo. O problema é que, como disse a gerente da concessionária, se o carro não tiver em estoque, o cliente vai ficar chupando o dedo.
No site da Ford há a opção de conversar online com um atendente da empresa. Perguntamos sobre o porquê de a empresa não investir fundo na internet como ferramenta de vendas. “Esclareço que a comercialização e negociação de veículos é realizada através dos distribuidores Ford. Os preços dos veículos e acessórios apresentados no site são sugeridos ao público. Os preços, bem como eventuais descontos e promoções vigentes, devem ser confirmados em um distribuidor Ford autorizado, o qual é comercialmente independente para atuar”, explicou a atendente virtual.
A página da Ford também disponibiliza uma extremamente útil ferramenta de montagem virtual do veículo, com todos os valores dos opcionais, que têm um diferencial: salva as opções escolhidas num perfil criado pelo cliente, onde é possível guardar seus desejos para posterior comparação.
Poucas opções
Dentre todas, a Chevrolet é a que tem menos opções em seu site. Enquanto nas outras três o cliente monta o veículo que quer tendo acesso a todos os valores dos opcionais, para ter uma noção do quanto vai ter de desembolsar, no site da GM não há esta opção nem de forma clara e nem de maneira completa. Os preços sugeridos dos veículos estão à mostra, para consulta, entretanto, somente dos modelos básicos. Caso queira, o usuário é redirecionado para o guia de concessionárias da empresa, para entrar em contato direto com os vendedores e verificar os preços reais da aquisição.
Concessionárias fortalecidas
Para o presidente da Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores no Ceará (Fenabrave-CE), Fernando Pontes, a impossibilidade de se comprar carros pela internet mostra o quanto as concessionárias são importantes para o mercado automobilístico. “Isso reforça a importância das revendas no setor automotivo. No meu modo de pensar e entender as coisas, jamais a fábrica vai ter condições de atender o consumidor diretamente, pois este é um negócio diferente de qualquer outro”, comentou.
Mas por quê, senhor presidente? Eu queria tanto comprar meu carro com um único clique… “O carro é um produto diferenciado de qualquer outro tipo de produto, como um celular, por exemplo”.
E no futuro? Será que em alguns anos eu poderei efetuar a compra de um carango pela Internet? “Não”, respondeu, categórico. É, o jeito é botar o pé na estrada e ir comprar o carro à pé mesmo ou de ônibus…
Clientes corporativos, com CNPJ, podem adquirir veículos ao preço de fábrica, e com condições especiais. Os sites das empresas fornecem esta opção para esta modalidade de clientes, entretanto, nem assim dá para fechar o negócio com um clique.
Monte seu carro
Se não dá para comprar o carro, na maioria dos sites é possível montar o veículo com opções e tudo o mais, e se ter uma ideia básica de quantas moedinhas terá de economizar para ter aquele possante dos sonhos.
Blogs ajudam
Além dos sites corporativos, as redes sociais, sites e Blogs que existem na Internet auxiliam e dão referências importantes para quem está interessado em ter um novo na garagem.
O Blog do Automóvel (http://blogs.diariodonordeste.com.br/automovel), criado pelo editor do caderno AUTO, o jornalista André Marinho, em novembro de 2009, por exemplo, é sucesso absoluto.
Atualizado diariamente, com coberturas exclusivas, test-drive, fotos e vídeos dos principais veículos da atualidade, dentre outros assuntos referentes a automóveis.
Com mais de 55 mil pageviews mensais, está entre os cinco Blogs mais vistos do site do Diário.
FIQUE POR DENTRO

  • Classificados do Diário auxilia na compra do usado
  • Colorido, bem dividido, interativo. Desde o final do ano passado na web, os Classificados do Diário (classificadosdodiario.net) já está entre os maiores do setor de veículos.
  • Na própria “home page”, isto é, na primeira página dos “classificadosdodiario.net, o bloco “veículos” aparece bem à direita, na cor sépia.
  • No espaço, o internauta pode procurar o automóvel pelo modelo, ano, preço e entrar até nos hotsites de concessionárias criados pelo Diário. Lá, o “navegador” vai obter diversas informações sobre os veículos, pintura, placa e acessórios, simulação de financiamento e avaliação de preços, checar fotos e enviar propostas ao vendedor.
  • No espaço virtual, há mais de 60 revendas cadastradas entre seminovos e concessionárias, dividas em motos, carros e caminhões. Em média, a procura por um veículo tem a duração de dois minutos.

Queremos saber sua opnião, comente: